A ULTRACAVITAÇÃO é promovida através de um ultrassom de alta potência e alta frequência que gera ondas mecânicas dinâmicas atingindo especificamente as células de gordura produzindo um efeito de cavitação intenso, estimulando a lipólise no tecido adiposo tendo como consequência a diminuição da espessura e quantidade de gordura presente.

A Ultracavitação é uma das técnicas mais eficazes para tratar a gordura localizada, redução de culote, gordura nas costas (altura do soutien)  e a celulite. A técnica é uma excelente alternativa não invasiva para redução de medidas.

 Em que consiste a Ultracavitação?

CAVITAÇÃO SITEA Ultracavitação é um tratamento não invasivo que oferece resultados mensuráveis de redução nos contornos do corpo já nas primeiras sessões e nos tratamentos para Celulites. É um procedimento seguro e indolor. Após o tratamento, o paciente pode retornar imediatamente à sua rotina.

 

Quem pode fazer o tratamento?

Pacientes que desejam reduzir medidas e apresentam espessura de tecido adiposo necessária para lipocavitação. Além, é claro, de não apresentar nenhuma contra-indicações

O que fazer após o tratamento?

O paciente deve ingerir bastante líquido nos três primeiros dias após o tratamento, além de evitar alimentos muito gordurosos. Além disso, MedDerm cada cliente é submetido à criteriosa avaliação profissional após a qual é desenvolvido um programa personalizado em que se associam outras técnicas e equipamentos visando alcançar resultados cada vez mais satisfatórios.

Quais são as contra indicações?

  • Gestantes;   Pacientes em tratamento de fertilização; 
  • Áreas com menos de 4,0 cm de camada adiposa; 
  • Doenças autoimunes; 
  • Doenças renal, cardíaca e hepática e câncer;
  • Pós operatório;
  • DIU

Quanto tempo dura o tratamento?

  • Duração: 30 a 40 min.
  • Periodicidade: 1 a 2 vezes por semana.
  • Número médio de sessões: 5 a 10 sessões.

 

CONHEÇA MAIS NOSSOS PROGRAMAS DE TRATAMENTOS CORPORAIS:

http://medderm.com.br/site/service/gordura_localizada/

CompartilheTweet about this on Twitter0Share on Facebook0